Bem-vindo de volta, amigo!
LOGIN
Ou Esqueceu a senha?

Programando like a boss #2

Por: Diego Pinto Administrador

Pense de forma ortogonal - Digamos que você precise controlar um motor DC via porta serial no seu Arduino. Você poderia criar uma classe que acessa a porta serial e automaticamente gera os sinais dos pinos ligados no motor, correto? ERRADO! Qual a relação entre a porta serial e o motor DC além da aplicação imediata e específica deste exemplo? E se em um futuro próximo você precise controlar um LED via serial? Você já terá uma classe com parte da solução implementada, porém, com blocos e segmentos de códigos desnecessários. Provavelmente você passará um bom tempo editando e adaptando este código para funcionar com um LED. Porque não criar uma classe para tratar da serial e outra para tratar do motor DC (e depois uma para o LED). Esta é a forma ortogonal de codificação de software, onde as duas classes são independentes e combináveis. Os algoritmos da serial estarão confinados em uma classe própria com uma interface formalmente definida, tornando sua reutilização mais fácil. No futuro, basta criar a classe de controle do LED e conectá-la à classe da serial (com pouco ou nenhum retrabalho)!

*A dica acima foi “epifanizada” programando-se em C++. Porém, esta dica pode servir para outras linguagens de programação e para a vida pessoal (porque não?).

Responder a: Programando like a boss #2

POSTAR